Feira no Canadá promove negócios com proteína brasileira no valor de US$ 25 milhões

Quatro empresas brasileiras, o Mapa e entidades que representam o setor ampliam esse mercado

28/04/2022

Feira no Canadá promove negócios com proteína brasileira no valor de US$ 25 milhões Feira no Canadá garante US$ 25 milhões em negócios com proteína em12 meses (Foto: Divulgação)

Feria de alimentos no Canadá promovida pela Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) e pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil) na SIAL Canadá, em Montreal, no Canadá, realizou US$ 25 milhões em negócios com carne entre os dois países.

As quatro empresas brasileiras da área que participaram – BRF, Copacol, Pamplona e Seara – geraram apenas nos 3 dias da Feira, US$ 1,9 milhão em negócios. Negócios que vão prosseguir após a Feira vão gerar US$ 25 milhões em exportações pelo Brasil nos próximos 12 meses.

A Feira promoveu encontros de negócios, focou no reforço à imagem do setor produtivo de proteína para o mercado canadense, que já é um tradicional importador da carne de frango do Brasil. Este ano, anunciou a abertura do mercado para a compra de carne suína.

A ABPA promoveu um seminário com importadores e autoridades canadenses.

Participaram setores produtivos, entidades que representam o setor e o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) do Brasil, o Consulado-geral do Brasil em Montreal, a Associação Brasileiras das Indústrias Exportadoras de Carne (ABIEC) e a ApexBrasil.

Foi abordada a renovação da parceria bilateral para complementação da produção local de carne de aves, e o reforço da posição brasileira como fornecedor de carne suína de alta qualidade.

“O resultado alcançado na SIAL Canadá dá o indicativo do comportamento deste mercado e reforça as expectativas positivas em relação ao crescimento das exportações de aves e de suínos para o mercado norte-americano. Temos uma sólida parceria construída, e que agora deve ganhar novo impulso com a entrada do setor de suínos nas relações comerciais dos dois países”, credita o presidente da ABPA, Ricardo Santin.

 

Da Redação, com ABPA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.