Exportação de máquinas agrícolas cresce 5,2% em março ante fevereiro, diz Abimaq

Na contramão, as importações tiveram queda de 3,9% em março.

27/04/2022

Exportação de máquinas agrícolas cresce 5,2% em março ante fevereiro, diz Abimaq Previsão da Abimaq é que a indústria de máquinas agrícolas deve crescer este ano entre 5% e 9%.

As exportações de máquinas agrícolas cresceram 5,2% em março comparativamente a fevereiro, informou nesta quarta-feira, 27, a Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq). De janeiro a março, segundo a associação, as exportações de máquinas agrícolas acumulam um crescimento de 29,5%.

No front das importações, a Abimaq relata queda de 3,9% no mês de março ante fevereiro e um aumento de 29,5% no acumulado de janeiro a março.

A Abimaq manteve a previsão de crescimento de 6% do faturamento este ano puxado pela agricultura e apreciação do câmbio, disse o presidente da entidade, José Velloso.

Ele afirmou que a previsão de 6%, feita entre outubro e novembro de 2021 está sendo mantida mesmo com o aumento da inflação e do efeito da elevação de juros pelo Banco Central (BC) porque o aumento da Selic passará fazer efeito sobre os preços, derrubando a inflação.

Além disso, de acordo com Velloso, começam a ser retomados agora os investimentos em bens de capitais depois da desaceleração nos últimos dois anos em função da crise da covid-19.

“O crescimento será puxado pela agricultura por conta dos preços das commodities e da valorização do real frente ao dólar”, disse o presidente da Abimaq destacando, por exemplo, o aumento de 8,9% da produção de máquinas agrícolas no primeiro trimestre.

O presidente da Câmara de Máquinas Agrícolas da Abimaq, Pedro Estevão, previu que a indústria de máquinas agrícolas deve crescer este ano entre 5% e 9%.

De acordo com Estevão, o produtor rural está bem capitalizado por conta do aumento dos preços das commodities e está fazendo investimentos em máquinas e equipamentos agrícolas.

“Esperamos crescer de 5% a 9% este ano por conta das perspectivas de aumento da área plantada no Centro-oeste. Se a área de plantio está crescendo vai precisar mais máquinas agrícolas”, disse ele.

Fonte: Conteúdo Estadão

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.