Exportação de carne suína continua forte; preços ao produtor caem

O Cepea constatou que a situação é a mesma em todo o país

13/01/2022

Exportação de carne suína continua forte; preços ao produtor caem BRF informa que tem produção de suínos com melhoria genética e melhoria da carne (Foto:: Divulgação)

Pesquisadores do Cepea afirmam que as exportações brasileiras de carne suína encerraram 2021 em volumes elevados e seguem registrando bom desempenho neste começo de 2022. No entanto, mesmo diante do bom desempenho dos embarques, os preços do suíno apresentam forte queda nestas primeiras semanas de janeiro.

O levantamento mostra que a oferta de animais é grande e a demanda doméstica foi enfraquecida e, com isso, derruba as cotações no mercado independente de todas as regiões acompanhadas pelos técnicos.

Um dos motivos foi a baixa demanda no mês de dezembro do ano passado, período em que as vendas no varejo são, historicamente, fortes. Com isso, os produtores iniciaram janeiro com lotes de animais para abates represados. Na ponta final, o consumo tipicamente reduzido de janeiro se somou ao baixo poder de compra da população, reforçando o movimento de queda nos preços.

Da Redação, com Cepea.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.