Estoque de crédito sobe 1,2% em julho, para R$ 4,3 trilhões

Testes, férias coletivas e outras medidas compõem o Plano de Contingência da empresa para prevenção, controle e redução de riscos de contágio

27/08/2021

O saldo das operações de crédito do sistema financeiro cresceu 1,2% em julho, para R$ 4,266 trilhões, conforme divulgado nesta sexta-feira pelo Banco Central (BC). Em 12 meses, houve alta de 16,2%.

  • Leia mais: Concessões de crédito caem 2,8% e inadimplência fica estável em julho

Como proporção do Produto Interno Bruto (PIB) estimado pela autoridade monetária, o estoque de operações ficou estável em 52,6% entre junho e julho.

O saldo total do crédito livre subiu 0,9% em julho, chegando a R$ 2,495 trilhões, enquanto o crédito direcionado avançou 1,6%, para R$ 1,770 trilhão.

O saldo total de crédito para as famílias aumentou 1,5% no mês, chegando a R$ 2,436 trilhões. Para as empresas, houve alta de 0,8%, para R$ 1,830 trilhão.

As projeções do BC para o crescimento do crédito em 2021 são: 11,1% para o total; 13,5% para o livre; 7,7% para o direcionado; 13,5% para pessoas físicas; 8% para pessoas jurídicas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *