Escoamento de carne bovina para o mercado interno perde força, segundo consultoria

Frigoríficos intensificam procura pelo boi-China, que são os animais para a exportação

18/03/2022

Escoamento de carne bovina para o mercado interno perde força, segundo consultoria Escoamento de carne bovina para mercado interno perde força (Foto: Divulgação)

Clipping da Associação Brasileira de Frigoríficos (Abrafrigo) informa, com dados da Scot Consultoria, que o fraco escoamento de carne bovina no mercado interno diminui o apetite por compras das indústrias, que, de maneira geral, têm trabalhado com escalas de abate confortáveis.

Os frigoríficos buscam comprar o boi-China, animais para exortação, aceitando pagar bons prêmios. Em São Paulo, preços de bovinos abatidos mais jovens (até quatro dentes) oscilam entre R$ 345ª arroba e R$ 350 a arroba, informa a Scot Consultoria.

Levantamento desta quinta-feira realizado pela Scot aponta estabilidade nas três categorias destinadas ao abate. Dessa maneira, de acordo com a Consultoria, as referências de preço estão em R$ 340 para a arroba do boi gordo, R$ 298 a arroba da vaca gorda e R$ 332 a arroba da novilha gorda (valores brutos e a prazo).

No mercado atacadista, há sinais de melhoria na movimentação por parte dos distribuidores, que estão efetuando novos posicionamentos de compras de cortes bovinos para o próximo final de semana. No entanto, o mercado de distribuição registra uma maior procura por cortes de dianteiro, que têm custos mais baixos.

Fonte: Abrafrigo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.