Eletrobras: Governo cria estatal para processo de privatização

Testes, férias coletivas e outras medidas compõem o Plano de Contingência da empresa para prevenção, controle e redução de riscos de contágio

13/09/2021

A Eletrobras comunicou nesta segunda-feira (13) que foi criada a Empresa Brasileira de Participação em Energia Nuclear e Binacional, a ENBpar, em razão do processo de privatização da companhia.

  • Leia mais: Eletrobras lança edital de R$ 4,2 milhões para projetos socioambientais

A nova estatal, vinculada ao Ministério de Minas e Energia, terá um modelo de holding e vai deter o capital social e a comercialização da usina hidrelétrica de Itaipu, além de ser sócia majoritária na Eletronuclear, ativos que não serão privatizados.

  • Leia mais: Eletrobras conclui venda da Norte Brasil Transmissora

A ENBpar irá gerir ainda os contratos da Reserva Global de Reversão (RGR) firmados até 2016, como também os Programas Nacional de Conservação de Energia Elétrica (Procel), de Incentivo às Fontes Alternativas de Energia Elétrica (Proinfa), Mais Luz para Amazônia e o Mais Luz para Todos.

  • Leia mais: Eletronuclear desafia prazo de capitalização da Eletrobras em 2022

Segundo o comunicado, a forma de segregação dos ativos está em avaliação pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e ainda será aprovada em Assembleia Geral Extraordinária (AGE).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *