Dólar opera de lado, ainda digerindo decisões de BCs

Testes, férias coletivas e outras medidas compõem o Plano de Contingência da empresa para prevenção, controle e redução de riscos de contágio

23/09/2021

O dólar comercial devolveu as leves perdas que exibia durante a manhã e passou a operar perto da marca d’água na tarde desta quinta-feira, com investidores ainda digerindo as decisões de juros no Brasil e nos Estados Unidos. Por volta das 16h40, a moeda americana subia 0,04%, a R$ 5,3051.

Lá fora, o dólar segue se enfraquecendo contra praticamente todas as demais divisas, ainda refletindo o alívio relativo à questão da Evergrande. No horário acima, ele cedia 0,30% contra o peso mexicano, 0,17% ante o rublo russo e 0,33% na comparação com o rand sul-africano.

Para Fernando Bergallo, diretor da FB Capital, o fato de que o câmbio não tem acompanhado a melhora mesmo de outros ativos locais, como a bolsa, reflete ainda a preocupação mais estrutural com a dinâmica fiscal doméstica. “Câmbio é sinônimo de confiança e o fato de ele se manter em R$ 5,30 mesmo com uma nova alta de 1 ponto porcentual da Selic mostra que o mercado segue cético e pragmático em relação ao Brasil e com o que esse governo ainda pode entregar”, diz.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *