Cresce o abate de bovinos no Mato Grosso, com grande entrada de fêmeas no mercado

As informações são do Instituto de Defesa Agropecuária do Estado do Mato Grosso

14/04/2022

Cresce o abate de bovinos no Mato Grosso, com grande entrada de fêmeas no mercado Cresce abate de bovinos no Mato Grosso com a entrada de mais fêmeas no mercado (Foto: Divulgação)

O estado brasileiro com o maior rebanho bovino, o Mato Grosso, abateu no primeiro trimestre de 2022 mais 6,8% de animais terminados do que no mesmo período de 2021, informa o site CarneTec. O Instituto de Defesa Agropecuária do Estado do Mato Grosso (Indea-MT) credita o aumento à maior entrada de fêmeas no mercado. As informações foram dadas pelo Instituto Mato-Grossense de Agropecuária (Imea).

Apenas em março foram abatidas 357,52 mil cabeças. Um aumento de 2,64% em relação a fevereiro. A informação é o aumento se deve à entrada de grandes lotes de animais finalizados a pasto. Os dados constam do relatório do Imea.

As regiões do Estado que mais abateram foram a médio-Norte, com mais 14,77% e a Nordeste, com mais 27,12%. O Instituto informa também que nas regiões Noroeste e Oeste, houve de 25,85% e de 6,76%.

Nota do Instituto diz que “de modo geral, a oferta de machos caiu 2,43%, enquanto a de fêmeas aumentou 8,29% no comparativo mensal, tendo as categorias entre 24 e 36 meses e menos de 24 meses, com variação positiva de 9,08% e 16,13%, respectivamente, para fêmeas.”

Da Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.