Cortes nobres de carne bovina brasileira vão para a China e mundo árabe

Estados Unidos e União Europeia não estão entre os maiores importadores

14/12/2021

Cortes nobres de carne bovina brasileira vão para a China e mundo árabe Cortes nobres da carne brasileira são comprados pela China e mundo árabe (Foto: Pixabay)

Para a surpresa do setor, os cortes das carnes nobres exportados pelo Brasil estão longe dos mercados mais sofisticados, como Estados Unidos e União Europeia, informa o site especializado em economia MoneyTimes. Sem grandes surpresas, quem encabeça a lista dos países que mais compraram é a China. E com grande surpresa, o segundo país que mais importou esses cortes é a Palestina.

A carne mais nobre produzida no Brasil, a do taurino europeu Angus premium, vendeu ao exterior 692,2 toneladas. Mas os importadores mais ricos do planeta não são destaque no volume embarcado entre janeiro e novembro.

A Associação Brasileira de Angus (ABA) tem frigoríficos parceiros que pagam prêmio conseguido na exportação da carne de boi commodities. A China comprou 47,5%.

Mas a lista surpreende. O segundo país da lista de importadores dos cortes nobres é a Palestina, seguido dos Emirados Árabes, Arábia Saudita, Singapura, Irã, Omã, Líbano, Bermudas e Hong Kong, lista o MoneyTimes.

O site lembra, no entanto, que a exportação da carne Angus é maior, porque nem todos os produtores fazem parte do grupo ligado aos frigoríficos certificados e os dados acima se referem a esses estabelecimentos certificados com o selo verde-amarelo. Estima-se que 26,8% do aumento dos embarques são cortes nobres da raça.

 

Da Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *