Consumo de petróleo pode bater recordes em 2022 com a retomada da economia

Este no foi de recuperação para o setor, diz especialistas

23/12/2021

Consumo de petróleo pode bater recordes em 2022 com a retomada da economia Produção de petróleo pode bater recorde de consumo em 2022 por causa da recuperação econômica (Foto: Agência Brasil)

Mesmo com toda mobilização de países para conter o avanço do consumo de combustíveis fósseis, o mercado prevê que o consumo de petróleo pode bater um novo recorde em 2022 provocado pela retomada econômica após a pandemia de coronavírus, diz o site Notícias Agrícolas, com informações da Agência Reuters.

Em 2021 o consumo do diesel e da gasolina já aumentou. Foi a retomada da atividade econômica e das viagens. Prevê-se para 2022 o consumo de 99,53 milhões de barris por dia. Por outro lado, a Agência Internacional de Energia lembra o consumo será menor do que em 2019, quando foram 99,55 milhões de barris dia.

A demanda deve colocar pressão na Organização Mundial do Petróleo (Opep) e também na indústria “shale”, americana (petróleo extraído do xisto). Enquanto países da Opep lutam para conseguir aumentar a produção diária, nos Estados Unidos elas tentam diminuir os custos de extração para ser rentável.

A aviação, que é grande consumidora do combustível, sofreu restrições por causa da nova variante da Covid, a Ômicron.

Damien Courvalin, chefe de pesquisa de energia da Goldman Sachs, disse à Reuters que “se esta for outra onda como as que vimos antes, é um golpe negativo para o crescimento econômico no primeiro trimestre de 2022″. Acredita que, se houver uma recuperação “subsequente, a demanda de petróleo, que tocou brevemente os níveis pré-Covid no início de novembro, atingirá novos recordes na maior parte de 2022.”

Da Redação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.