Consumo de cafe de novembro de 2020 a outubro de 2021 sobe 1,71%

13/04/2022

São Paulo, 6 – O consumo interno de café no Brasil entre novembro de 2020 e outubro de 2021 subiu 1,71% frente aos 12 meses anteriores, a 21,54 milhões de sacas de 60 kg, afirmou nesta quarta-feira a Associação Brasileira da Indústria de Café (Abic) em entrevista coletiva para apresentar o estudo Indicadores da Indústria – Consumo Interno 2021.

O diretor executivo da entidade, Celírio Inácio da Silva, destacou que a demanda do País vem aumentando desde 2018. “Além disso, em 2021 registramos um crescimento maior do que o estimado para o consumo mundial pela Organização Internacional do Café (OIC).”

O total de 21,54 milhões de sacas representa 45,3% da safra brasileira de café em 2021, que, de acordo com a Conab, totalizou 47,7 milhões de sacas.

O consumo interno do café torrado e moído no período cresceu 1,58%, a 20,56 milhões de sacas; enquanto o do solúvel avançou 4,48%, a 985,31 mil sacas.

O consumo per capita do café em grão cru cresceu 1,06%, a 6,06 kg/habitante, enquanto o do café torrado e moído registrou alta também de 1,06%, a 4,84 kg/habitante no ano.

O Brasil mantém a posição de segundo maior consumidor do café em volume, com diferença de 4,5 milhões de sacas para o líder. “Falta pouco para se tornar o primeiro”, afirmou Inácio. “E em termos de bebidas quentes, somos os líderes.”

As vendas do setor em 2021 ficaram estimadas em R$ 15,2 bilhões.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.