Conselho Monetário Nacional destina R$ 6 bilhões para financiamentos do Funcafé

Valor é um pouco maior que o do ano passado

29/04/2022

Conselho Monetário Nacional destina R$ 6 bilhões para financiamentos do Funcafé CMN destina mais de R$ 6 bilhões para Funcafé (Foto: Divulgação)

Após pedido do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), o Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovou o crédito de R$ 6,06 BI do Fundo de Defesa da Economia Cafeeira (Funcafé) para a safra de 2022. A distribuição é de responsabilidade do Ministério, não havendo discriminação em relação a linhas de crédito. Em 2021, o valor foi de R$ 5,1 BI.

No ano passado, o CMN teve de aprovar duas resoluções remanejando recursos dentro do Funcafé para financiar a recuperação dos cafezais afetados pelas geadas no último inverno. O novo crédito vai permitir remanejamento caso haja novos problemas climáticos.

O CMN também elevou, de R$ 30 milhões para R$ 50 milhões, o limite do crédito de custeio que cada cooperativa de produção de café pode pegar emprestado. O limite nas operações por cooperado foi mantido em R$ 500 mil.

“As cooperativas de produção exercem importante papel na cafeicultura por sua capacidade de operacionalização e capilaridade na distribuição dos recursos diretamente aos cafeicultores, especialmente neste período de aumento dos custos de produção, puxado pela alta dos fertilizantes e defensivos agrícolas”, justificou o Ministério da Economia em nota.

 

Da Redação, com Agência Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.