Comerc define faixa de preço entre R$ 16,87 e R$ 18,56 e IPO pode levantar R$ 1,6 bi

Testes, férias coletivas e outras medidas compõem o Plano de Contingência da empresa para prevenção, controle e redução de riscos de contágio

21/09/2021

A Comerc Participações lançou sua oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês). A faixa indicativa de preço vai de R$ 16,87 a R$ 18,56. Considerando o meio desse intervalo, de R$ 17,72, e a oferta-base de 89.804.387 ações, a operação pode movimentar R$ 1,591 bilhão.

  • Leia mais: Onda de IPOs ainda ignora diversidade em conselhos

Há ainda a possibilidade de um lote adicional de 16.597.505 ações e um lote suplementar de 12.448.015, o que elevaria a oferta para R$ 2,106 bilhões.

  • Leia mais: InterPlayers, que presta serviços para o segmento de saúde, entra com pedido de IPO

A precificação está marcada para o dia 8 de outubro. A ação será negociada sob o tciker ‘COMR3’.

  • Leia mais: Farmacêutica Althaia pede interrupção do processo de IPO

A Comerc é uma holding de empresas que atuam na comercialização, gestão de energia para consumidores livres, geradores e pequenas distribuidoras, soluções de eficiência energética, baterias e plataformas de informação e tecnologia.

A companhia iniciou suas atividades no setor elétrico em 2001 e detém a maior base de clientes no segmento de gestão de energia no Brasil e é a quarta maior comercializadora de energia no país.

Em agosto, realizou a incorporação dos ativos de geração detidos pelos fundos geridos pela Perfin.

Os recursos provenientes do IPO serão destinados para: investimentos em novos projetos e em projetos de expansão para geração centralizada de energia (80%); investimentos em novas plantas para geração distribuída de energia (11,5%); desenvolvimento do segmento de soluções em energia, incluindo projetos de eficiência energética e desenvolvimento de softwares para os negócios (6%); e desenvolvimento dos serviços oferecidos, como medições e equipamentos de IoT e desenvolvimento de novas aplicações para os sistemas de gestão dos clientes – “Power View” (2,5%).

No primeiro semestre – antes da incorporação dos ativos da Perfin – teve receita líquida de R$ 1,632 bilhão, com alta anual de 310%. O prejuízo foi de R$ 29,006 milhões, revertendo lucro de R$ 15,500 milhões na primeira metade do ano passado.

Os principais acionistas da Comerc são Cristopher Alexandre Vlavianos, que tem uma fatia de 16,02% e pode cair para até 10,97% se forem exercidos os lotes adicional e sumplementar; e a Perfin, que tem 69,52% e pode cair para 47,60%.

Os coordenadores da oferta são Itaú BBA, BTG Pactual, Credit Suisse, XP e Citi.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *