Começa nesta terça-feira a 16ª edição da Bahia Farm Show

31/05/2022

Brasília, 31 – A 16ª edição da Bahia Farm Show, uma das três maiores feiras do agronegócio do Brasil, começa nesta terça-feira (31) em Luís Eduardo Magalhães (BA), com expectativa de superar R$ 2 bilhões em negócios. A previsão é da Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), que realiza a feira. Na última edição presencial do evento, em 2019, os negócios somaram R$ 1,9 bilhão. “Foram três longos anos de espera. Visto que todas as feiras que nos antecederam bateram recorde de público e faturamento, esperamos bater todos os recordes possíveis”, disse o presidente da Aiba, Odacil Ranzi.

A área de exposição da feira aumentou 33%, para 191 metros quadrados, e o número de expositores passou de 270 para 360, informou a Aiba. A feira de tecnologia espera receber entre 75 mil e 80 mil pessoas nos cinco dias do evento, que vai até o dia 4 de junho. Tradicionalmente, explica Ranzi, produtores efetuam os pedidos na feira e os contratos são formalizados no início do Plano Safra. Neste caso, será o Plano Safra 2022/23, que começa a vigorar em 1º de julho.

O otimismo com a feira, segundo Ranzi, vem do momento favorável de investimentos para o produtor. “Ele está capitalizado, vindo de duas safras boas, com grandes colheitas, preços internacionais das commodities atrativos. É o momento certo de fazer novos negócios”, diz. “O agricultor vai seguir investindo e renovando tecnologias.” Neste momento, produtores da região colhem o algodão e o milho da safra 2021/22 e planejam investimentos e compras para a próxima safra.

Na avaliação de Ranzi, o aumento do custo de produção de grãos e a taxa elevada de juros não vão limitar o apetite do produtor por novos investimentos. “Não temos grande período de chuvas, então precisamos usar alta tecnologia para plantar bem e na hora certa. Estamos preparados para fazer novos negócios, especialmente para renovar a nossa frota de máquinas e equipamentos”, afirmou.

Ranzi classificou a taxa elevada de juros como um “problema técnico” e mencionou sinalizações do ministro da Agricultura, Marcos Montes, de tentar buscar o mesmo patamar de juros do Plano Safra 2021/22 no Plano Safra 2022/23. “Não é o juro que vai limitar novos negócios. Olhamos investimentos com no mínimo cinco anos para frente. Não vamos tirar pé do acelerador”, completou.

Para o presidente da Aiba, as indefinições quanto ao tamanho e regras do novo Plano Safra também não devem limitar o apetite dos produtores. “Independentemente de Plano Safra ou não, produtor está capitalizado e com acesso a outras fontes de financiamento externo. Temos certeza que o momento é favorável para investimento”, apontou.

A abertura oficial da Bahia Farm Show será nesta quarta-feira (1º), às 10h, com a presença do governador do Estado, Rui Costa (PT). Nesta terça, o presidente da República, Jair Bolsonaro, visitará a feira, com previsão de chegada às 14h30.

*A jornalista viaja a convite da Aiba.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.