Safra 21/22 de citros termina com produção menor que a anterior, em 262,97 milhões de caixas

A produção é 10,61% menor do que a safra anterior.

12/04/2022

Safra 21/22 de citros termina com produção menor que a anterior, em 262,97 milhões de caixas Frio reduz consumo e preços da laranja. (Foto: Pixabay)

A última safra de laranja do cinturão citrícola de São Paulo e Triângulo/Sudoeste Mineiro teve um resultado final 10,61% menor do que o volume inicialmente esperado em maio de 2021.

Houve uma quebra expressiva de 31,20 milhões de caixas na estimativa. O levantamento, divulgado hoje, é do Fundo de Defesa da Citricultura (Fundecitrus) com a cooperação da Markestrat, FEA-RP/USP e FCAV/Unesp.

Conforme relatório do Fundecitrus, embora tenha sido um ciclo de bienalidade positiva, ano em que as plantas produziram uma quantidade maior de frutos, a redução drástica das chuvas e as geadas atípicas de alta intensidade inibiram o crescimento das laranjas e contribuíram para o aumento da queda prematura de frutos, reduzindo a quantidade de laranjas que chegaram à colheita. Com essas condições, os pomares perderam produtividade, o que fez a safra recuar 2,11% em comparação à temporada anterior, configurando o segundo ano consecutivo de safra pequena.

Fonte: Conteúdo Estadão     

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.