China tenta conter novo surto de covid-19 no sudeste do país

Testes, férias coletivas e outras medidas compõem o Plano de Contingência da empresa para prevenção, controle e redução de riscos de contágio

13/09/2021

Autoridades da China estão agindo para tentar impedir que um novo surto da variante delta da covid-19 detectado na província de Fujian, no sudeste do país, se espalhe para outras regiões.

Desde a última sexta-feira, 43 casos de transmissão local do vírus foram confirmados em Fujian, segundo as autoridades de saúde da China. Outras 32 pessoas tiveram resultado positivo em exames para a doença, mas estão assintomáticas.

O surto foi detectado com testes de rotina nas escolas locais, que identificaram dois alunos contaminados pelo vírus. O pai deles, que voltou de Cingapura no início de agosto, respeitou uma quarentena de 14 dias e se submeteu a três exames no período, todos com resultado negativo.

  • Leia mais: Variante delta: Sintomas, eficácia da vacina e o que mais se sabe sobre a mutação do coronavírus

O epicentro parece ser a cidade de Putian, de cerca de 2 milhões de habitantes, segundo o jornal “South China Morning Post”. Outros casos já foram identificados nas cidades portuárias de Quanzhou e Xiamen. O governo de Fujian ordenou que todos os alunos e professores da província sejam testados para a covid-19.

Uma força-tarefa da Comissão Nacional de Saúde foi enviada a Fujian e disse que é provável que mais casos sejam confirmados nas escolas e fábricas de Putian e de outras cidades da província. A equipe não descarta o risco da propagação do vírus para outras regiões do país, informou a emissora estatal CCTV.

O novo surto ocorre pouco depois de a China ter conseguido controlar a maior onda de casos de covid-19 desde o surgimento do vírus em Wuhan, em dezembro de 2019.

As rígidas restrições regionais impostas pelas autoridades atrapalharam a recuperação da economia nos últimos meses e fizeram analistas reduzirem as previsões de crescimento do país neste ano.

Categorias:

Tags:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *