China proíbe importação de carne bovina por uma semana da JBS, Marfrig e Naturafrig

A informação foi dada pela autoridade chinesa à embaixada brasileira, sábado (16).

18/04/2022

China proíbe importação de carne bovina por uma semana da JBS, Marfrig e Naturafrig Coluna De Olho no Mercado fala sobre o fortalecimento do dólar, as taxas de juros e as suspensões chinesas. (Foto: Divulgação)

Fiscais da aduana disseram que técnicos encontraram ácido nucléico do coronavírus nas embalagens externas em quatro lotes de produtos congelados das empresas brasileiras exportadoras de carne bovina para aquele país. A comunicação foi feita pela Administração Geral de Aduanas da China (GACC) diretamente para a Embaixada Brasileira em Pequim. O comunicado foi feito no sábado (16).

As empresas suspensas foram a JBS, de Barra do Garças, no Mato Grosso, duas unidades da Marfrig (Várzea Grande – Mato Grosso e Promissão – São Paulo) e o frigorífico da Naturafrig, em Pirapozinho, no estado de São Paulo.

As empresas não comentaram a decisão do país asiático.

A Administração das Aduanas na China havia proibido, na semana anterior, as importações da JBS em Goiás, Marfrig no Mato Grosso e da Zanchetta, que processa frango, em São Paulo. As unidades exportavam carnes bovinas e de aves. A suspensão nos dois casos vale por uma semana. A primeira suspensão valeu a partir de 5 de abril e o prazo já terminou. A segunda, também por uma semana, continua proibida, com início dia 16.

Da Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.