BRF dá dicas aos avicultores para os cuidados a serem tomados com as aves no inverno

O avicultor tem que cuidar da temperatura com climatização e evitar perda de calor para boa conversão alimentar

03/06/2022

BRF dá dicas aos avicultores para os cuidados a serem tomados com as aves no inverno BRF fala sobre os cuidados a serem tomados para a criação de aves no frio. (Foto: Agência Brasil)

A BRF está alertando os avicultores para o início do período de frio, a fim de aprimorar a utilização de técnicas de manejo nas baixas temperaturas. O clima gelado pode impactar o desenvolvimento dos pintinhos e mesmo pequenas frestas podem afetar as aves em qualquer fase e consumir mais energia e lenha.

Os aviários podem ser melhorados com pequenos cuidados. Uma ação no mês passado em Travesseiro (RS) levou 700 produtores para trocar experiências e reforçar as ações que precisam ser realizadas no inverno. O evento foi realizado pela BRF. 

As ações levam ao bem-estar, promovem um ambiente adequado e têm maior eficiência na transformação de ração em ganho de peso. Com temperaturas abaixo das necessárias, o aviário pode levar as aves a precisar de mais alimentos para equilibrar a temperatura corporal. A energia voltada para o crescimento é consumida de outra forma. 

Em nota ao site CarneTec, a gerente de Agropecuária da BRF em Lajeado, Maria Goretti Buzanello, informa que “aos que recebem novos lotes, nós recomendamos, por exemplo, que pré-aqueça o aviário 48 horas antes da chegada dos pintinhos. Outra indicação é cobrir com capas os exaustores não ativos, para evitar perda de calor pelas aberturas.”.

Moisés Ballarini, que esteve no encontro, disse: “neste ano, por exemplo, chamou minha atenção uma dica que ainda não conhecia, que é vedar também parte dos inlets (aberturas de ventilação) para preservar o calor interno. Eu já percebia que havia diferenças entre os aviários com mais inlets do que os outros e, neste inverno, vou adotar essa técnica somada a outros cuidados.”.

Integrado da BRF em Venâncio Aires, Elton Hein avalia que “no evento foram apresentados equipamentos, por fornecedores parceiros, o que também é importante para nos atualizarmos e projetarmos modernizações na propriedade.”.

 

Dicas para manejo correto de aves no inverno

Atenção aos sensores de temperatura e umidade e observação do comportamento das aves. Quando as aves se afastam da fonte de calor, pode ser indicativo de temperatura alta. Observar a aglomeração das aves para saber se há corrente de ar ou frio.

As lonas adequadas para vedação e perda do calor, demanda menores gastos com aquecimento. O produtor tem ganho duplo com o uso de rações. O ambiente correto ajuda na conversão do alimento e reduz custos com lenha e pellets para os aquecedores.

Outro ponto importante é a troca correta de ar durante o ciclo para evitar níveis elevados de amônia. A troca de ar deve ser correta. A secagem da cama no intervalo entre lotes reduz esses níveis durante o alojamento.

A medicação constante das sondas e a checagem dos equipamentos, principalmente fornalhas, ventiladores ou exaustores. Essa observação é o segredo do sucesso no inverno e precisam ser cuidados pelo produtor.

 

Da Redação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*

code