BRB entra com pedido de registro de oferta pública de ações

Testes, férias coletivas e outras medidas compõem o Plano de Contingência da empresa para prevenção, controle e redução de riscos de contágio

10/09/2021

O Banco de Brasília (BRB) informou, em fato relevante, que protocolou perante a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) pedido de registro de oferta pública de distribuição de ações de emissão do banco, podendo inclusive ser sob a forma de certificados de depósito de ações (Units), com esforços de colocação no exterior .

O banco informa, ainda, que protocolou o pedido de adesão ao segmento da B3 denominado Nível 1 de Governança Corporativa.

Em fevereiro, o Valor adiantou que BRB pretendia emitir, até setembro, novas ações no mercado para conseguir o capital necessário para sustentar a política de crescimento da instituição financeira, que prevê a retomada do plano de expansão nas regiões Centro-Oeste, Norte e Nordeste e de sustentação do banco digital.

Em entrevista ao Valor na ocasião, o presidente do BRB, Paulo Henrique Costa, afirmou que a ideia é elevar o percentual de ações do banco negociadas em bolsa (“free float”) dos atuais 3% para 30%, mas a intenção é que o banco continue a ser público.

Em agosto, o BRB avaliava jogar a operação para o fim de outubro ou início de novembro, dadas as condições de mercado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *