Bolsas europeias fecham sem direção única, em meio à expectativa por evento do Fed

Testes, férias coletivas e outras medidas compõem o Plano de Contingência da empresa para prevenção, controle e redução de riscos de contágio

24/08/2021

As bolsas europeias fecharam nesta terça-feira (24) sem direção única, à espera do simpósio anual organizado pelo Federal Reserve (Fed, o banco central americano) em Jackson Hole e sob o impacto da divulgação de números sobre o PIB alemão e após o órgão que regula medicamentos nos Estados Unidos (FDA, na sigla em inglês) aprovar completamente a vacina da Pfizer e BioNTech para a aplicação em pessoas de 16 anos ou menos.

O índice pan-europeu Stoxx Europe 600 encerrou as operações em leve queda de 0,02%, a 471,79 pontos. O FTSE 100, índice de referência da bolsa de Londres, avançou 0,24%, a 7.125,78 pontos, e o CAC 40, de Paris, caiu 0,28%, a 6.664,31 pontos. Em Milão, o FTSE MIB cedeu 0,07%, a 26.027,91 pontos, e o IBEX 35, de Madri, recuou 0,22%, a 8.948,60 pontos.

O índice DAX, referência da bolsa de Frankfurt, teve a maior alta entre seus pares e subiu 0,33%, a 15.905,85 pontos, recebendo suporte da surpresa positiva na revisão da leitura do Produto Interno Bruto alemão do segundo trimestre.

O PIB da Alemanha subiu 1,6% no segundo trimestre, na comparação com o período anterior, de acordo com dados divulgados mais cedo pelo Destatis, o instituto nacional de estatísticas alemão. O dado, revisado para cima em 0,1 ponto percentual em relação à leitura original, contrariou a expectativa dos economistas consultados pelo “Wall Street Journal”, de leitura estável a 1,5%.

Na comparação com o segundo trimestre do ano passado, o PIB subiu 9,4%, também recebendo revisão para cima de leitura original de alta de 9,2% e também contrariando a expectativa de consenso, de leitura estável a 9,2%. Ambos os dados recebem ajustes de preços, sazonais e de calendário.

Os investidores seguem, agora, à espera dos comentários do presidente do Fed, Jerome Powell no simpósio anual de Jackson Hole, na sexta-feira (27). Os investidores acompanharão de perto a fala de Powell, em busca de sinais sobre quando o BC americano começará a redução do seu programa de compra de ativos, em meio aos temores sobre a desaceleração da economia americana.

Destaques

Também ajudou a movimentar o mercado de ações europeias a aprovação completa da vacina da Pfizer e da BioNTech pelo FDA, o que pode estimular a população a receber o imunizante.

Com a notícia da aprovação da vacina, o segmento de turismo e lazer do Stoxx 600 avançou 1,96%, com destaque para companhias aéreas como a Air France KLM que avançou 5,58% e a Lufthansa com alta de 2,97%.

Também surpreendeu a alta da ação da empresa alemã de entrega de comida Delivery Hero, que fechou em alta de 5,68%.

Já na outra ponta, uma queda que chamou atenção foi a da rede britânica de supermercado Sainsbury, que recuou 4,85% nesta terça, após avançar mais de 15% na sessão anterior, com a informação de que uma empresa de private equity estaria interessada em comprar a rede.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *