Bolsas europeias fecham em alta após dados da Alemanha e decisão do BC britânico

Testes, férias coletivas e outras medidas compõem o Plano de Contingência da empresa para prevenção, controle e redução de riscos de contágio

05/08/2021

As bolsas europeias fecharam em alta nesta quinta-feira (5), com exceção da Bolsa de Londres, com os investidores digerindo a temporada de balanços corporativos e a decisão de política monetária do Banco da Inglaterra (BoE).

O índice pan-europeu Stoxx Europe 600 terminou o dia em alta de 0,37%, a 469,96 pontos, batendo novo recorde de fechamento pela quarta sessão consecutiva. As ações do setor de viagem e lazer subiram 1,3%, enquanto o setor de mineração caiu 2,6%.

Na Bolsa de Frankfurt, o DAX subiu 0,33%. As ações alemãs também receberam algum suporte dos dados melhores do que o esperado de encomendas à indústria.

As encomendas à indústria da Alemanha subiram 4,1% em junho, na comparação com a leitura de maio, de acordo com dados divulgados hoje pela Destatis, o instituto federal de estatísticas do país. A leitura ficou bem acima da expectativa dos economistas consultados pelo “Wall Street Journal”, de alta de 1,5% no mês.

Já na Bolsa de Paris, o CAC 40 avançou 0,52%. O FTSE MIB, da Bolsa de Milão, teve alta de 0,69%, e o IBEX 35, de Madri, escalou 0,50%.

Na contramão de seus pares, o FTSE 100, de Londres, encerrou a jornada em leve queda de 0,05%. Na manhã desta quinta, o Banco da Inglaterra (BoE) manteve as taxas de juros e o programa de compras de ativos inalterados, em 0,1% e 875 bilhões de libras, respectivamente. A autoridade monetária também vai manter as compras de 20 bilhões de libras em bônus corporativos.

No entanto, o banco central britânico alertou que a inflação será mais pronunciada no curto prazo, prevendo que suba para 4% no quarto trimestre e volte para 2% no médio prazo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *