Bolsas europeias fecham em alta, apesar de preocupação com variante delta

Testes, férias coletivas e outras medidas compõem o Plano de Contingência da empresa para prevenção, controle e redução de riscos de contágio

10/08/2021

As bolsas europeias fecharam em alta nesta terça-feira (10), com os investidores afastando, ao menos na sessão de hoje, os temores sobre a variante delta da covid-19 e o aumento da inflação.

O índice pan-europeu Stoxx Europe 600 terminou o dia em alta de 0,35%, a 472,32 pontos, com as ações de viagens e lazer subindo 2% e liderando os ganhos, já que quase todos os setores e principais bolsas entraram em território positivo.

O DAX, referência da Bolsa de Frankfurt, subiu 0,16%, enquanto o FTSE 100, de Londres, avançou 0,40% e o CAC 40, de Paris, subiu 0,10%. O FTSE MIB, de Milão, avançou 0,24% e o IBEX 35, de Madri, teve alta de 0,40%.

As preocupações com o impacto da covid no crescimento global pesaram no sentimento do investidor recentemente, com os países lutando com a disseminação da variante delta.

Os investidores também parecem operar em compasso de espera, aguardando comentários de autoridades do Federal Reserve (Fed), ainda hoje, em busca de sinais sobre os planos do BC americano para a retirada dos estímulos monetários da instituição.

Dados econômicos

Mais cedo, o índice de confiança na Alemanha do Instituto ZEW caiu pelo terceiro mês consecutivo, devido a um cenário mais desafiador para a economia do país. A medida de expectativa econômica caiu a 40,4 pontos em agosto, de 63,3 em julho, e ficou bem abaixo da expectativa dos economistas consultados pelo “Wall Street Journal”, de leitura a 57,5 pontos no período.

A leitura fraca “indica riscos crescentes para a economia da Alemanha, como uma possível quarta onda de covid-19 começando no outono, ou uma desaceleração do crescimento na China”, diz Achim Wambach, presidente do Instituto ZEW.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *