Bolsas da Europa fecham em queda à espera de decisão do BCE

Testes, férias coletivas e outras medidas compõem o Plano de Contingência da empresa para prevenção, controle e redução de riscos de contágio

08/09/2021

As bolsas europeias fecharam em queda acentuada nesta quarta-feira (8), com os investidores ajustando posições antes da decisão de amanhã do Banco Central Europeu (BCE), e pressionadas também pelos temores em torno das perspectivas para a recuperação econômica.

O índice Stoxx Europe 600 fechou em queda de 1,06%, a 467,87 pontos. O FTSE 100, índice de referência da bolsa de Londres, recuou 0,75%, a 7.095,53 pontos, o DAX, de Frankfurt, caiu 1,47%, a 15.610,28 pontos, e o CAC 40, de Paris, cedeu 0,85%, a 6.668,89 pontos. Em Milão, o FTSE MIB caiu 0,75%, a 25.876,89 pontos, e o Ibex 35, de Madri, recuou 0,63%, a 8.838,70 pontos.

Os índices setoriais do Stoxx 600 fecharam amplamente em terreno negativo, com as ações do setor automobilístico liderando as perdas, fechando em queda de 2,23%. O setor bancário, de maior peso no índice pan-europeu, fechou em queda de 1,32%, em meio às incertezas sobre a política monetária do BCE.

Os investidores estão vendendo ações europeias antes da decisão de amanhã do BCE, em meio à expectativa crescente de que a autoridade monetária discuta mais uma vez a retirada de estímulos monetários na reunião de quinta (9), com os sinais de que a inflação disparou na zona do euro.

A expectativa é de que a autoridade monetária europeia manterá a sua taxa de juros de referência estável e se manterá favorável à acomodação monetária, mas alguns analistas apontam que uma completa falta de movimentação em meio à disparada da inflação pode diminuir a confiança dos investidores na função de reação do BCE.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *