Bolsas da Ásia fecham mistas enquanto investidores esperam Powell em Jackson Hole

Testes, férias coletivas e outras medidas compõem o Plano de Contingência da empresa para prevenção, controle e redução de riscos de contágio

25/08/2021

As bolsas asiáticas fecharam sem direção única, enfrentando dificuldades e anotar novas altas firmes sem um catalisador claro para impulsionar as ações, enquanto os investidores aguardam os comentários do presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, na sexta-feira (27).

O índice Nikkei, índice de referência da bolsa de Tóquio, fechou em leve queda de 0,03%, a 27.724,80 pontos, com ganhos nas ações de siderúrgicas e montadoras compensando as perdas nos setores químico e de varejo. A ação da farmacêutica Shionogi fechou em alta de 4,7% com a notícia de que ela planeja produzir doses da sua candidata a vacina contra a covid-19 para tratar 10 milhões de pessoas.

O Kospi, de Seul, fechou em alta de 0,27%, a 3.146,81 pontos, enquanto o Hang Seng, de Hong Kong, recuou 0,13%, a 25.693,95 pontos. Na China continental, o Xangai Composto subiu 0,74%, a 3.540,38 pontos, e o Shenzhen Composto fechou praticamente estável, a 2.463,85 pontos.

Os investidores seguem à espera dos comentários de Powell no simpósio anual do Fed em Jackson Hole, na sexta-feira, em busca de alguma sinalização sobre quando o BC americano planeja começar a retirada de estímulos monetários.

Até a semana passada, uma grande parte dos investidores parecia apostar que o presidente do Fed poderia anunciar os planos para a redução do programa de compras de ativos, mas os últimos dados econômicos americanos, que indicaram uma desaceleração econômica maior do que a esperada nos EUA, modera estas expectativas.

Os investidores estão apostando na “ausência de sinais de uma retirada de estímulos agressiva” quando as autoridades do Fed falarem em Jackson Hole, disse Venkateswaran Lavanya, do Mizuho Bank, em um relatório.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *