BNDES confirma retorno de trabalho presencial a partir de setembro

Testes, férias coletivas e outras medidas compõem o Plano de Contingência da empresa para prevenção, controle e redução de riscos de contágio

06/08/2021

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) informou, em comunicado, previsão de retorno de funcionários ao trabalho presencial a partir de 1º de setembro, e de acordo com a imunização contra covid-19 dos funcionários.

Em nota, o BNDES detalhou que a apresentação do plano de retorno ao trabalho presencial foi realizada a todos os funcionários na quinta-feira (5), com participação do presidente do banco, Gustavo Montezano, e de superintendentes que compõem o Subcomitê de Contingência do BNDES.

Pelo comunicado, o plano prevê retorno ao trabalho presencial, de forma gradual, a partir de 1º de setembro e de acordo com o ritmo de vacinação dos funcionários. O retorno gradativo se dará após o atendimento dos empregados pelo Plano Nacional de Imunização (PNI) e proteção vacinal, comunicou a instituição.

Máscara & distanciamento social

Também entre as medidas de segurança será exigido uso obrigatório de máscaras e a observação ao distanciamento social. A instituição informou ainda que para acessar as dependências do BNDES não será exigido comprovante de vacinação.

Ao falar sobre condições especiais de saúde entre funcionários, o banco informou que os empregados com comorbidades de risco para covid-19, lactantes e com mais de 60 anos deverão retornar em 3 de novembro. Empregados imunossuprimidos e que coabitam com pessoas imunossuprimidas ou com gestantes poderão, a seu critério, permanecer em trabalho remoto. As gestantes deverão permanecer em trabalho remoto.

Para o BNDES, o retorno gradativo de funcionários a depender da proteção vacinal, em conjunto com medidas adotadas e protocolo de prevenção à covid-19 da instituição, conferem segurança ao empregado e não requer implementação de trabalho híbrido.

“Em relação ao trabalho remoto, está em andamento estudo para avaliação de potencial adoção do trabalho híbrido e, nesse contexto, estão sendo avaliados os quesitos de produtividade” pontuou o banco no comunicado.

A instituição acrescentou que manterá acompanhamento da evolução das condições sanitárias e de indicadores associados à pandemia, ajustando o plano de retorno ao trabalho presencial, conforme necessário.

Categorias:

Tags:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *