BC: Medidas permitem remessas de recursos ao exterior por meio de cartão de crédito

Testes, férias coletivas e outras medidas compõem o Plano de Contingência da empresa para prevenção, controle e redução de riscos de contágio

09/09/2021

As medidas anunciadas pelo Banco Central (BC) nesta quinta-feira permitirão que sejam realizadas, por meio de cartões de crédito, remessas de recursos para ou vindas do exterior, segundo o chefe de subunidade do departamento de regulação prudencial e cambial da autoridade monetária, Lucio Holanda Oliveira. “Vai depender do interesse dos emissores [de cartão] oferecer esse serviço”, afirmou em entrevista coletiva.

Na prática, a transferência realizada por um brasileiro para uma pessoa no exterior, por exemplo, aparecerá como uma compra na fatura do cartão de quem enviou. Já quem recebeu terá os recursos creditados automaticamente em sua conta.

A mesma operação funcionará em sentido oposto, mas Oliveira lembrou que será necessário que o cartão a partir do qual foram enviados os recursos esteja vinculado a uma conta no Brasil. A taxa de câmbio cobrada será sempre a do dia da operação, que precisará ser divulgada pelo emissor do cartão para que haja previsibilidade na transferência.

De acordo com o chefe de subunidade, a maior parte dessas transferências deve ficar abaixo de US$ 500. Além disso, a tendência é que sejam remetidos mais recursos para o Brasil do que transferidos para o exterior, segundo ele.

Oliveira ainda afirmou que em “tese poderá ser cobrada alguma tarifa pelo serviço”, mas o BC acredita que “a própria competição terá um efeito” de diminuir essas tarifas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *