Balança comercial dos EUA atinge déficit de US$ 73,3 bi em agosto

Testes, férias coletivas e outras medidas compõem o Plano de Contingência da empresa para prevenção, controle e redução de riscos de contágio

05/10/2021

O déficit comercial de bens e serviços nos Estados Unidos em agosto foi de US$ 73,3 bilhões, US$ 3 bilhões acima do déficit registrado em julho, de US$ 70,3 bilhões. O número, divulgado nesta terça-feira (05) pelo Departamento de Comércio dos EUA, veio maior do que o projetado por economistas consultados pelo “The Wall Street Journal”, de déficit de US$ 70,7 bilhões.

As exportações em agosto subiram US$ 1 bilhão ante julho, atingindo US$ 213,7 bilhões, pouco acima do projetado pelos economistas de US$ 212,8 bilhões. Já as importações avançaram US$ 4 bilhões para US$ 287 bilhões, também acima dos US$ 282,8 bilhões estimados.

O aumento no déficit de bens e serviços de agosto é resultado de um aumento no déficit de bens de US$ 1,6 bilhão, para US$ 89,4 bilhões e uma redução no superávit de serviços de US$ 1,4 bilhão, para US $ 16,2 bilhões.

No acumulado do ano, o déficit de bens e serviços aumentou US$ 140,8 bilhões, ou 33,7%, em relação ao mesmo período em 2020, chegando a US$ 558 bilhões. As exportações aumentaram US$ 244,3 bilhões ou 17,5%, para US$ 1,64 trilhão, enquanto as importações cresceram US$ 385 bilhões ou 21,2%, para US$ 2,20 trilhões.

Veja aqui o relatório completo do Departamento de Comércio dos EUA.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *