Baixo consumo no mercado interno e falta de gado mantêm preços da arroba do boi equilibrado

A pressão de baixa foi registrada nos estados da Bahia e Minas Gerais

04/02/2022

Baixo consumo no mercado interno e falta de gado mantêm preços da arroba do boi equilibrado Arroba do boi perde preço nas principais praças brasileiras (Foto: Divulgação)

O equilíbrio entre baixo consumo de carne bovina no mercado interno com a queda na oferta de gado pronto para abate, mantém os preços da arroba do boi no mesmo patamar ao longo da semana, informa a Scot Consultoria.

Por outro lado, a Consultoria informa que no Oeste da Bahia, com as escalas de abate completas para a semana que vem, abriram as negociações nesta quinta-feira (3) oferecendo valores menores para a arroba.

Na comparação com a quarta-feira (2), o preço da arroba do boi se desvalorizou R$ 2,00, enquanto para as vacas e novilhas gordas, a queda foi de R$ 7,00 a arroba.

O cenário na praça mineira não foi diferente. Nesse caso, o que derrubou os preços foi a grande oferta de animais terminados. Na comparação com o dia anterior, a arroba de bois e vacas perdeu R$ 5,00, enquanto a da novilha R$ 3,00.

O mercado tem sustentado, segundo a Secretaria de Comércio Exterior (Secex), com as exportações. Janeiro de 2022 bateu recorde de exportação de carne in natura, na comparação com o mesmo mês nos anos anteriores. A Secex atribui o volume embarcado à volta da China às compras da carne brasileira.

Da Redação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.