Ataque hacker não afetou Tesouro Direto, afirma secretaria

Testes, férias coletivas e outras medidas compõem o Plano de Contingência da empresa para prevenção, controle e redução de riscos de contágio

16/08/2021

O Tesouro Nacional divulgou nota nesta segunda-feira para informar que o ataque hacker à rede interna da secretaria, na sexta-feira, “não afetou de forma alguma a plataforma do Tesouro Direto” e que as compras e vendas de títulos continuam podendo ser realizadas normalmente.

A invasão ao Tesouro foi confirmada no sábado pelo Ministério da Economia que, em nota, afirmou que as medidas de contenção foram imediatamente aplicadas e a Polícia Federal, acionada.

“Os efeitos da ação criminosa estão sendo avaliados, neste primeiro momento, pelos especialistas em segurança da Secretaria do Tesouro Nacional e da Secretaria de Governo Digital”, disse o ministério.

Segundo o texto, a ação não gerou danos aos sistemas estruturantes da secretaria, como o Sistema Integrado de Administração Financeira (Siafi) e os relacionados à Dívida Pública.

No sábado, o Ministério da Economia informou que o ataque ao Tesouro gerou um pedido de resgate.

O ataque foi do tipo ransomware, vírus que impede o acesso ao sistema e costuma vir acompanhado de um pedido de recompensa. Segundo a pasta, “há um contato automático por resgate neste tipo de ação criminosa”, mas “não houve nenhum outro tipo de contato”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.