Após crise na Ucrânia, Argentina irá diminuir a produção de trigo

Segundo analistas da Bolsa de Mercadorias de Rosário, Brasil e Argentina podem se destacar no abastecimento.

29/03/2022

Após crise na Ucrânia, Argentina irá diminuir a produção de trigo Frio e geada não afetou proução de milho (Foto: Divulgação)

Analistas da Bolsa de Rosário (Argentina) estimam que a produção de milho terá grande redução da área para cultivo no próximo ano, a partir do conflito no leste europeu.

De acordo com a Bolsa, a crise provocou variações nos preços dos grãos, fazendo com que a possibilidade de que a Argentina e o Brasil abasteçam o mercado europeu de milho se torne real.

Quanto ao Brasil, a informação é que o país está saindo da queda produtiva na campanha 2020/2021, quando produziria cerca de 112 milhões de toneladas no ciclo 2021/2022, assumindo um aumento de 25 milhões de toneladas entre safras, segundo dados da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

 

Da Redação com informações do Canal Rural

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.