Alta do dólar deve mexer com o mercado interno do boi, prevê analista do Safras & Mercado

Fernando Iglesias diz que a procura pelos frigoríficos de bois para a exportação vão elevar o preço da arroba no mercado interno.

03/05/2022

Alta do dólar deve mexer com o mercado interno do boi, prevê analista do Safras & Mercado Frigoríficos exportadores voltam a procurar bois terminados (Foto: Agência Brasil)

O analista de Safras & Mercado, Fernando Iglesias, acredita que o fortalecimento do dólar frente ao real vai mexer com o mercado interno da arroba do boi. Nesta segunda-feira ele voltou a superar a barreira dos R$ 5, chegando no fechamento do pregão na Bovespa a R$ 5,07. Foi a primeira vez desde 16 de março quando ele estava cotado a R$ 5,09.

Iglesias acredita que os frigoríficos exportadores devem voltar ao mercado à procura de bois terminados tipo exportação e esse movimento vai provocar o aumento da cotação da arroba no mercado interno.

O volume de animais a pasto ainda é bastante confortável, informa o site especializado em agronegócio. 

Essa deverá ser a mudança no cenário do mercado do boi em maio, caso o dólar se mantenha nesse patamar. Alguns analistas de mercado acreditam que ele pode avançar ainda mais nos próximos dias sobre o real.

Outro fator sazonal que vai melhorar os preços nesta primeira quinzena são o recebimento dos salários e o Dia das Mães. Os dois fatores vão aumentar o consumo interno na primeira quinzena de maio.

 

Da Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.