Agências de viagens corporativas ainda faturam 62% menos do que antes da pandemia, diz Abracorp

Testes, férias coletivas e outras medidas compõem o Plano de Contingência da empresa para prevenção, controle e redução de riscos de contágio

20/09/2021

Dados da Associação Brasileira de Agências de Viagens Corporativas (Abracorp) apontaram que o setor registrou em agosto um crescimento no faturamento de 11% em relação a julho, para R$ 390 milhões. O número mostra a continuação da retomada das viagens corporativas, o que é comemorado, mas ainda está 62% abaixo do de agosto de 2019 – antes da pandemia de covid-19.

No segmento aéreo doméstico, a receita de agosto, de R$ 197 milhões, ainda está 53,47% abaixo da do mesmo mês de 2019. Na hotelaria, a queda é de 39,96%, para R$ 123, milhões.

O destaque está na locação de automóveis, modal que menos sofreu durante a pandemia. Se comparado com 2019, as vendas domésticas foram 6,8% superiores em agosto, atingindo R$ 14 milhões.

“O que percebemos é que a recuperação está lenta nas viagens corporativas, reflexo ainda do ambiente inseguro que as empresas sentem”, afirma em nota o presidente executivo da Abracorp, Gervásio Tanabe.

“Mas, graças à vacinação e consequente controle na contaminação, começamos a notar que algumas empresas multinacionais esboçam um reaquecimento. O que nos leva a acreditar que para o último trimestre de 2021, poderemos vislumbrar uma recuperação muito mais sólida”, conclui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *