Agência de energia pede que Rússia aumente o fornecimento de gás para a Europa

Testes, férias coletivas e outras medidas compõem o Plano de Contingência da empresa para prevenção, controle e redução de riscos de contágio

21/09/2021

A Agência Internacional de Energia (AIE) pediu à Rússia para enviar mais gás natural para a Europa, que enfrenta uma séria crise de energia que ameaça a recuperação econômica no pós-pandemia.

“A AIE acredita que a Rússia poderia fazer mais para aumentar a disponibilidade de gás para a Europa e garantir que os estoques sejam abastecidos em níveis adequados em preparação para a próxima temporada de aquecimento no inverno”, disse o órgão, com sede em Paris.

As declarações da AIE ocorrem depois de alguns representantes industriais europeus terem acusado a estatal russa Gazprom de limitar as vendas para a Europa, contribuindo para um aumento nos preços que está aumentando as faturas pagas por famílias e em empresas.

O presidente-executivo da Gazprom, Alexei Miller, rebateu as acusações na semana passada, ao dizer que a empresa estava cumprindo suas obrigações e que poderia aumentar a produção, se necessário.

Para a AIE, a atual crise é uma “oportunidade” para a Rússia se destacar como um “fornecedor confiável para o mercado europeu”. Apesar do pedido a Moscou, a entidade também culpou a forte demanda por gás natural liquefeito na Ásia pela atual crise vivida na Europa.

Categorias:

Tags:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *