África do Sul acusa Brasil de dumping na exportação de carne de frango com osso e impõe sobretaxa

Relatório do pais africano acusa ainda outros 9 países e a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) contesta

25/01/2022

África do Sul acusa Brasil de dumping na exportação de carne de frango com osso e impõe sobretaxa Preço do frango aumenta na segunda quinzena de março (Foto: Agência Brasil)

A África do Sul anunciou que vai impor a partir deste mês de janeiro até junho de 2022 uma tarifa antidumpimg para a carne brasileira de frango com osso, e a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) refuta a acusação e afirma que ela não tem procedência.

Em comunicado veiculado pelo site especializado em proteína animal CarneTec, “conforme já comprovado por diversas vezes, os exportadores brasileiros não praticam dumping na África do Sul, tampouco nos mais de 140 países para os quais exporta e auxilia na segurança alimentar”, reafirma a associação em nota.

O país africano tem uma investigação em curso contra possível dumping da proteína de frango importada do Brasil, Irlanda, Espanha, Polônia e Dinamarca desde fevereiro do ano passado. O resultado das investigações é o anúncio da tarifa antidumping feita na semana internacionais. O objetivo é colocar fim à sobretaxa.

Ainda segundo a associação, no seu comunicado, diz que “o governo brasileiro, a ABPA e as empresas exportadoras se manifestaram formalmente nos autos do processo no último dia 17 de janeiro e, neste momento, se está avaliando a estratégia a ser seguida a partir de agora”.

“Ao mesmo tempo, diante da longa e sólida relação comercial entre Brasil e África do Sul, a ABPA espera que as autoridades sul-africanas possam rever a decisão que impacta, diretamente, os consumidores daquele país em um momento difícil para a segurança alimentar global, em plena pandemia”

A mais recente ação protecionista, África do Sul também estende a medida aos Estados Unidos, Alemanha, Holanda e Reino Unido. Portanto, são vários exportadores que sofrem a mesma acusação, revela o relatório do Departamento da Agricultura dos EUA (USDA).

Ele informa, entre outros dados, que “as importações de carne de frango da África do Sul caíram 63% nos últimos três anos. O anúncio das recentes tarifas ameaça reduzir as importações ainda mais”, disse o USDA.

Da Redação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.