Abate de bovinos cai no Mato Grosso em 2021 em relação ao ano de 2020

A informação é do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária.

25/03/2022

Abate de bovinos cai no Mato Grosso em 2021 em relação ao ano de 2020 Produção, genética e nutrição de bezerros e matrizes são temas do MTBeef nesta sexta e sábado.

O abate de bovinos no Mato Grosso recuou 11,76% e diminuiu a produção de carne no Brasil em 2021 em menos de 9,60% na comparação com 2020. A informação vem do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mostra o boletim semanal do boi do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea). 

Em 2021 os frigoríficos do Mato Grosso abateram 4,46 milhões de cabeças. Foram 593,86 mil cabeças a menos do que no ano anterior. O estado também abateu menos 288,53 mil cabeças de vacas, uma variação negativa de 14,82% em relação a 2020. As vacas estão sendo retidas pelos pecuaristas.

Os machos foram os mais abatidos. Em 2021 o abate de bois recuou em 305,33 mil cabeças em comparação ao ano anterior (-9,84%). Como reflexo, a produção de carne bovina mato-grossense reduziu 9,60% em 2021, sendo produzidos 1,27 milhão de toneladas. 

Por fim, apesar do recuo na produção da proteína, o rendimento médio por animal aumentou 2,44% no mesmo comparativo, sendo estimado em 19,06 arrobas, ou seja, o produtor do estado obteve maiores ganhos durante a engorda dos animais.

Da Redação, com Imea.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.