Com demandas internas e exportação firmes, preços do frango registram altas, afirma Cepea

Competitividade do frango frente à carne bovina elevaram liquidez da proteína avícola.

11/02/2022

Com demandas internas e exportação firmes, preços do frango registram altas, afirma Cepea Brasil volta a exportar frango para o México sem tarifas e sem cotas definidas. (Foto: Divulgação)

Os preços do frango registraram aumento nos últimos dias, visto que a procura final pela carne voltou a se aquecer nesta segunda semana de fevereiro. De acordo com pesquisadores do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), no mercado doméstico, a competitividade elevada da carne de frango frente à bovina e o aquecimento na demanda típico neste período – por conta do recebimento dos salários por parte da população – elevaram a liquidez da proteína avícola.

O desempenho das exportações também esteve elevado nos primeiros dias de fevereiro. Após forte recuo em janeiro, o Brasil exportou 18,1 mil toneladas/dia de carne de frango in natura nos quatro primeiros dias úteis de fevereiro, de acordo com o relatório semanal da Secex. A média diária está 19,6% maior que a observada em janeiro e 0,6% acima da de fevereiro de 2021.

Fonte: Cepea

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.