5G cria disponibilidade de novos serviços para as empresas, diz presidente da TIM

Testes, férias coletivas e outras medidas compõem o Plano de Contingência da empresa para prevenção, controle e redução de riscos de contágio

21/09/2021

O presidente da TIM, Pietro Labriola, comentou nesta terça-feira (21) que o avanço do 5G no país representará grande mudança em serviços de dados no Brasil. De acordo com o executivo, a banda cria disponibilidade de novos serviços para as empresas, e os clientes já vão perceber maior velocidade em cobertura nas capitais, com a nova tecnologia.

  • Leia mais:
  • Anatel confirma para sexta-feira reunião que julgará edital do 5G
  • Para tecnologias 4G e 5G, Brasil precisa de mais antenas
  • “5G pode aumentar a produtividade da indústria em cerca de 25%”, diz executivo da Ericsson

O executivo participou do evento virtual “Painel Telebrasil 2021”, organizado por Conexis Brasil Digital, sindicato patronal que reúne as operadoras de telecomunicações, e a Telebrasil, Associação Brasileira de Telecomunicações. Nesta segunda (20), a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) marcou para a próxima sexta-feira, 24, reunião para concluir a votação da proposta de leilão para a exploração de serviços de acesso móvel usando a tecnologia 5G, que amplia a velocidade da conexão móvel.

No evento, Labriola comentou que, além de aumento de velocidade de dados, o 5G é uma espécie de plataforma habilitadora, que representa grande mudança nos negócios do setor.

“O foco na nova tecnologia do 5G deve ser feito sem deixar de lado o 4G”, acrescentou o executivo. Ele ressaltou que, para a conectividade alcançar todo o Brasil, é importante priorizar infraestrutura e, no caso da operadora, a TIM tem compromisso de levar conectividade a 100% dos municípios brasileiros até 2023, por meio do 4G. “O 4G continuará importante nos próximos anos, mesmo com a implementação do 5G no país”, reiterou.

Labriola sugeriu ainda criação de mesa intersetorial entre governo e setor privado para discutir responsabilidades e regras para digitalização dos processos e expandir a conectividade para que todos tenham conexão rápida no Brasil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *