André Luiz Casagrande

Jornalista especializado em agronegócio


Tecnologias aliadas no planejamento da reprodução do gado

22/07/2022

Tecnologias aliadas no planejamento da reprodução do gado Digitalização do campo depende de nova geração para crescer ainda mais. (Foto: Divulgação)

Conheça algumas ferramentas que facilitam o dia a dia do pecuarista, contribuindo para tomadas de decisões mais assertivas

Além de ajudar o produtor na avaliação nutricional e no acasalamento dos animais, algumas tecnologias simplificam atividades complexas e contribuem para economia de tempo, resultando na rentabilidade e na sustentabilidade do negócio. Dentre essas inovações tecnológicas estão o Vetscore, o iECC, o Cria Certo e o GP Plus Sumário de Touros Nelore.

Desenvolvido pela Embrapa Rondônia, o Vetscore é utilizado para avaliar e monitorar a condição nutricional do rebanho e separar em lotes para atender ao planejamento de manejo do gado de corte e de leite. Ou seja, permite selecionar animais mais adequados em termos de escore de condição corporal, visando a eficiência produtiva e reprodutiva do rebanho para obter maior ganho em fertilidade e produção de carne e de leite.

Esse dispositivo é formado por duas réguas articuladas que, ao serem posicionadas sobre a garupa do animal, formam uma angulação e indicam sua condição corporal. “Com o Vetscore, o produtor consegue avaliar a condição nutricional das suas fêmeas, por meio de uma escala de cores”, informa Rhuan Amorim de Lima, analista da Embrapa Gado de Corte.

O Vetscore fornece uma das seguintes colorações durante a avaliação da fêmea, conforme o ângulo formado: vermelho (magra), verde (adequada) ou amarelo (obesa). “Ou seja, em termos reprodutivos, a vaca enquadrada na condição adequada (verde), apresenta respostas superiores àquela que for classificada como magra (vermelho) ou obesa (amarelo)”, explica o especialista. 

O Vetscore foi desenvolvido para ser utilizado no gado leiteiro da raça Girolando e também pode ser usado em vacas de corte Nelore e Angus. “No gado de leite, a gente recomenda uma utilização mais rotineira, pois o produtor tem contato mais frequente com as fêmeas e pode facilmente acompanhar a condição nutricional das vacas e fazer ajustes em relação ao manejo alimentar, se necessário”, orienta.

Para as fêmeas de corte, Lima indica o uso da ferramenta principalmente na estação pré-reprodutiva, para avaliar o estado nutricional da fêmea para o manejo reprodutivo. “Animais em condições nutricionais adequadas têm uma resposta reprodutiva superior comparada aos que apresentam condição baixa ou alta”, argumenta.

Outra tecnologia desenvolvida pela Embrapa é o índice de Escore de Condição Corporal (iECC). Essa ferramenta avalia a condição nutricional e oferece informações sobre o potencial de fertilidade (maior probabilidade de prenhez) das vacas de corte e de leite incluídas em programas de inseminação artificial em tempo fixo (IATF). 

Para tanto, o usuário precisa inserir o Escore de Condição Corporal (ECC) individual de cada vaca que será submetida a essa técnica de reprodução. Esse índice permite avaliar todas as vacas que farão parte do protocolo de IATF, o que pode ser feito de forma visual, usando uma escala de ECC de 1 a 5, sendo 1, mais magro e 5 mais gorda, com incrementos de 0,25 unidades de ECC. A régua Vetscore facilita a identificação de animais com adequado ECC.

Ao inserir o ECC, a planilha gera automaticamente o resultado do índice. A pesquisa disponibiliza planilha MS Excel automatizada (http:// jaci.cpafro.embrapa.br/iECCIATF.php), que pode ser baixada gratuitamente e utilizada em tempo real no curral, pelo celular.

VETSCORE

Ferramenta que ajuda a identificar as fêmeas em condição corporal desfavorável e permite ao produtor tomar decisões para a melhoria da eficiência produtiva e reprodutiva do rebanho, buscando maior retorno financeiro. O Vetscore pode ser adquirido na Prático de Garça, empresa licenciada pela Embrapa. Mais informações, no telefone (14) 3406-2718 ou clicando aqui.

CRIA CERTO
Desenvolvido pela Embrapa Gado de Corte, o aplicativo Cria Certo realiza simulações com base em respostas a perguntas e calcula os custos e os benefícios das técnicas reprodutivas utilizadas pelos pecuaristas. Assim, é possível escolher a melhor opção, em termos econômicos, entre inseminação artificial, monta natural e outras tecnologias de reprodução utilizadas pelo produtor, assim como saber o valor a ser pago por um touro melhorador e a relação touro/vacas para o melhor custo/benefício. Disponível no site e clicando aqui.

GP PLUS SUMÁRIO DE TOUROS NELORE
Ferramenta apresenta os dados de 336 rebanhos assistidos pelo Programa Geneplus-Embrapa, fornecendo indicadores estratégicos como Diferença Esperada na Progênie (DEP), acurácia, percentil ( posição de um indivíduo dentro de toda a população, com base em seu valor de DEP) e o Índice de Qualificação Genética básico. Disponível clicando aqui.

ÍNDICE DE ESCORE DE CONDIÇÃO CORPORAL (iECC)
O comunicado técnico do índice de condição corporal de vacas de corte: relação entre ECC e fertilidade de vacas submetidas a protocolos de IATF pode ser acessado clicando aqui. Já o  comunicado sobre o Índice de Escore de Condição Corporal (iECC): Ferramenta para monitorar ECC e aumentar a produtividade em rebanhos leiteiros, está disponível clicando aqui. O iECC está disponível, gratuitamente, no aplicativo +Leite, desenvolvido pela Embrapa Rondônia e o Instituto Federal de Rondônia (Ifro), acessível para dispositivos com sistema Android.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*

code